DESTAQUES

Notícias

CNJ promove pesquisa para diagnosticar casos de assédio e/ou discriminação. Participe!

22 de Novembro de 2021 19:29:36


O Comitê de Prevenção e Enfrentamento do Assédio e da Discriminação do Poder Judiciário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) realiza pesquisa nacional com o objetivo de diagnosticar casos de assédio e/ou discriminação eventualmente praticados contra magistrados, servidores, colaboradores e estagiários.

As respostas ajudarão a direcionar as próximas ações do Comitê, que tem como objetivo promover o trabalho digno, saudável, seguro e sustentável no âmbito do Poder Judiciário.

A pesquisa virtual será realizada, entre os dias 22 novembro e 3 dezembro de 2021, por meio de link disponibilizado pelo próprio CNJ, e as respostas serão abarcadas pelo anonimato. Ao acessar o formulário será solicitado um código específico disponibilizado aos interessados na Rede TJMG.

Em caso de dúvidas, envie e-mail para combateaoassedio@cnj.jus.br.

 

Luta permanente do SERJUSMIG

O SERJUSMIG tem na sua história o combate ao assédio moral como permanente e imprescindível. Atualmente, o Sindicato integra a Comissão Paritária para combate a essa violação, formada por magistrados e servidores do Tribunal de Justiça de Minas Gerais - TJMG.

Comprometido com a luta ampla e com o bem estar de cada Servidor, o Sindicato ainda oferece aos filiados e filiadas o acompanhamento de especialistas em casos de assédio moral ou sexual, ocorridos em decorrência das relações de trabalho.

Caso algum Servidor ou Servidora esteja vivendo uma situação de assédio moral, sexual ou qualquer outra forma de discriminação que cause sofrimento ou até mesmo adoecimento, deverá entrar em contato com o SERJUSMIG em nossos canais de atendimento.

O Sindicato ainda reitera a importância de ações como a pesquisa que está sendo realizada pelo CNJ, para inibir essas violências e trazer informações para os servidores. A apuração de denúncias e a efetiva punição dos assediadores em casos comprovados também são fundamentais para coibir práticas tão reprováveis e prejudiciais aos trabalhadores.

 

Com informações da Rede TJMG
Imagem: Banco de Imagens/TJGO


<<< VOLTAR

Confira também:







SERJUSMIG :: Rua Guajajaras, 1984 - Barro Preto - CEP 30180-109 - Telefone: (31) 3025-3500 - Fax: (31) 3025-3521
Design por: Interlig
Desenvolvido por: Masterix Sistemas